36.7 C
Canindé de São Francisco
sábado, janeiro 22, 2022

Peça arqueológica de 1730 é achada em Canindé de São Francisco

Canindé de São Francisco/SE (História) – Uma garota de 12 anos achou uma moeda do ano de 1730 em Canindé de São Francisco. A peça arqueológica pertence à época de Dom João V – intitulado de O Magnânimo – que era rei de Portugal, tempo em que o Estado de Sergipe era colônia da Bahia.

A garota que encontrou a moeda é estudante e gosta de história e achou enquanto brincava na areia. Ao começar a cava aleatoriamente juntamente com uma irmã e um primo, todos na mesma facha de idade, o objeto surgiu. Ela repassou ao pai, que tem formação em História e incentiva aos filhos gostar de arqueologia, cultura e história como forma de ampliar conhecimento.

A moeda foi cunhada pela Casa da Moeda da Bahia durante o reinado de D. João V. O local em que o objeto foi encontrado já teve um registro idêntico há cerca de alguns anos por um pescador, sendo que era de 1890, ano em que o lugar – Canindé de São Francisco – começava seus primeiros passos enquanto povoamento. Nessa época, Francisco Porfírio de Britto, conhecido como coronel Chico Porfírio, já havia adquirido as terras município comprando-as ao morgado de Porto da Folha e criando a fazenda Cuiabá com grande açude, providenciou ainda a  construção do curtume às margens do Rio São Francisco onde hoje fica os vestígios da chamada Velha Canindé.

Alguns pontos, com potencial arqueológico, estão sendo mapeados em silêncio por meio de trabalho de pesquisa voluntário nas áreas de histórica e arqueologia, como hobby sem intenção de favorecimento financeiros, pois se entende que é parte da história do lugar construindo uma linha do tempo e  com os fragmentos achados. .

No Brasil, o período de 1700 a 1749 foi marcado pela estabilidade governativa sob a liderança de D. João V (1706-1750). A descoberta das minas de ouro no Brasil, seguida dos diamantes, madeiras preciosas, tabaco e açúcar promoveu o crescimento económico do país e com isso a circulação de moedas em ouro, prata e cobre.

A moeda é considerada rara entre os colecionadores.

Por Adeval Marques

ÚLTIMAS POSTAGENS
NOTÍCIAS RELACIONADAS